Análise da canção “Nem vem”, de Pedrinhu Junqueira e Antonio Escobar, publicada na edição #1 da revista Polivox. A canção, publicada aqui em versão caseira, foi gravada posteriormente no disco “Haicu”, projeto do duo Pedrinhu Junqueira e Julia Shimura.  Nem vem é uma canção despretensiosa, aliás, como muitas boas canções costumam ser; tem quatro acordes, uma […]

Texto escrito pelo crítico e professor de literatura Eduardo Losso, no calor do momento, após ter assistido ao último show “Homens flores”, na Áudio Rebel (RJ); publicado no seu perfil do Facebook.  31 de agosto 1- Ontem vi o Show Homens Flores de Bruno Cosentino no Áudio Rebel. Alguma coisa muito especial aconteceu ali. 2- Há […]

Texto de apresentação do disco “Corpos são feitos pra encaixar e depois morrer”, escrito pelo crítico Marcos Lacerda. O novo disco de Bruno Cosentino, Corpos são feitos pra encaixar e depois morrer, dá continuidade às suas experimentações de som pop sofisticado junto a uma poética do corpo, como fizera em Amarelo, seu álbum de estreia. Por […]